quarta-feira, 17 de setembro de 2008

Saudades


Queridas amigas!
Espero que vocês melhorem logo. Estou com muita saudades.
Beijos...

Unhas


Toda mulher gosta de fazer as unhas. Mas muitas vezes, acaba ficando pesado no bolso fazer as unhas toda semana. Um tipo que eu gosto bastante é a francesinha, que combina com qualquer ocasião. E é bem fácil de fazer, e dá até pra colocar florzinhas!


Material· Um alicate de unha;
· Removedor de esmaltes;·
Algodão·
Creme amolecedor de cutículas;
· Tinta para tecido amarela e branca;
· Lixas;·
Espátula;
· Um esmalte de tom claro e um branco;
· Um palito de laranjeira ou uma agulha.

1. Usando uma lixa de unhas tradicional, lixe as unhas de preferência na forma quadrada.Se achar necessário, use uma lixa de polimento sobre as unhas para diminuir as ondulações.
2. Para amolecer as cutículas, use um creme amolecedor de cutículas e coloque um pedacinho algodão molhado sobre elas.
3. Com uma espátula, empurre as cutículas pra baixo, cuidado para não machucar a matriz da unha.
4.Tirar as cutículas não é muito recomendado pelos dermatologistas, pois elas protegem seus lindos dedinhos. Mas se você insiste em tirar, use um alicate de preferência seu que esteja esterilizado e bem afiado. Cuidado para não se machucar.
5. Depois de tratadas, passe uma base transparente. Ela é importante porque protege a unha e facilita na hora de tirar o esmalte.
6. Chegou a hora do esmalte! Primeiro pinte a unha usando um tom claro. Pode ser “renda”, ou qualquer outro de sua preferência.
7. Tire o excesso de esmalte se tiver ao redor da unha.
8. Espere secar um pouquinho, pegue o esmalte branco e com a mão firme faça um risco na ponta da unha de um canto a outro.
9. Em seguida pegue a tinta de tecido amarela e faça um pinguinho no canto da unha com um palito de laranjeira ou uma agulha, vai ser o miolinho da flor.
10. Com a tinta branca você vai fazer cinco bolinhas ao redor da bolinha amarela, fazendo as pétalas. Depois de um tempinho passe a base novamente para firmar o desenho. Pronto agora é só desfilar com suas maravilhosas unhas!

Um grande beijo,

Chiponesa

Que bom você aparecer. Não esqueça de deixar seu comentário.
Obrigada!

Olá!


Olá! Hoje postei algumas coisas interessantes sobre nossos cabelos, pois ele é que nos complementa e devemos cuidar com muito carinho.
Espero que gostem. Até a próxima...

Pentedados Práticos


Efeito sereia
Nos fios úmidos, passe um fluido para disciplinar e alisar e deixe secar. Faça um rabo lateral e prenda três fivelas do mesmo formato.
Fivelas, Armarinhos Fernandes


Detalhe precioso
Este penteado é fácil e prático. Divida o cabelo ao meio e faça um rabo-de-cavalo baixo. Posicione a tiara no centro da cabeça e deixe os fios da franja soltos.
Tiara, Closet 667

Estilo vintage
Puxe o cabelo para trás e faça um coque-nó baixo. Coloque uma faixa grossa na altura da testa e, por cima, uma tiara fininha de metal com apliques de crochê.
Tiara e faixa, Lola Loca

Beleza despojada
Escove bem o cabelo para soltar e dar balanço. Separe a parte da frente, puxe para trás e prenda com uma fivela de madrepérola.
Fivela, Finestra


Visual perolado
Puxe o cabelo todo para trás e faça um rabo. Envolva-o com um arranjo de pérolas, fixando a flor na lateral.
Arranjo, Bella Golzer

Cabelos e seus cuidados

Cabelos Ondulados
Nem liso, nem cacheado: como lidar com o cabelo indefinido
Quem tem cabelos ondulados vive o drama da indefinição. Isso mesmo, as onduladas podem acordar um dia com o cabelo meio liso e, no dia seguinte, se surpreender com cachos e mais cachos. E pior: tem ainda aqueles dias em que nem cacheado e nem liso o cabelo fica!

Fizemos uma pesquisa com os melhores produtos e métodos para cuidar dos cabelos ondulados. Aí vão as dicas, sugeridas pelos cabelereiros Sandra Lúcia da Silva, do salão paulistano Jacques & Janine e de Júlio César, da Agência X. Dividimos as dicas em Estilo Liso, Estilo Cacheado e Cuidados Básicos.

Cuidados básicos
- Parece pouco higiênico, mas a verdade é que os cabelos cacheados devem ser lavados de 2 a 3 vezes por semana, no máximo. Dessa forma, você evita que os fios fiquem ressecados e, conseqüentemente, armados. Fazer semanalmente banhos de creme – caseiro ou no cabelereiro – também faz bastante efeito.

- Penteie os cabelos ainda molhados. A escova deve ter cerdas naturais e os pentes devem ser de madeira, para evitar que os fios se quebrem.

- mousses, pomadas e leave-in (cremes sem enxágüe) são ótimos para controlar a rebeldia dos fios, além de domar o volume. É importante dosar a quantidade – de preferência só aplicá-los nas pontas – pois, se exageramos, o cabelo fica "pesado". Para acabar com as "sobras" desses produtos, é bom ter sempre as mãos shampoos anti-resíduos.

- Invista em fivelas, tiaras e todos os apetrechos para construir o seu look de maneira displicente e impecável.

Estilo Liso
- Use e abuse de shampoos e condicionadores anti-frizz. Além de domar aqueles fiozinhos rebeldes que acabam com nosso visual, os anti-frizz alisam a cabeleira.
- Você não precisa recorrer ao Alisamento Japonês para ficar com um cabelo lisinho. Esse método, além de muito caro, necessita de retoques. Uma boa solução é o Relaxamento das raízes, um método eficaz para tirar o excesso de volume do cabelo. Feito em salões de beleza, os relaxamentos ressecam os fios, assim, seu cabelo vai precisar de cuidados extras para se manter saudável.

- Não há pessoa no mundo que não admire as madeixas de Gisele Bundchen. E você pode adotar um look inspirado na supermodel, seguindo essa dica: após a lavagem, divida seu cabelo ao meio e prendá-o com grampos imitando o penteado da princesa Léa. Quando sentir que os cabelos secaram, solte-os e saia por aí com seu visual á la Gisele.

- Você já experimentou alisar a franja? É um método prático e eficiente para ficar com os cabelos mais "arrumadinhos", sem precisar perder horas do dia fazendo escova ou chapinha. Uma franja lisinha faz milagres no look de uma garota!

Estilo Cacheado
- Troque todo seu kit cabelos por produtos especiais para cabelos cacheados. Felizmente, existem hoje no mercado várias linhas para cabelos encaracolados, com shampoos, condicionadores, cremes para pentear e leave-in.

- Tudo o que você quer é ter cachos bem definidos, certo? Ao contrário dos tipos naturalmente enrolados, se você prender seus cabelos, eles vão perder a forma. Portanto, esqueça os elásticos e, se for muito necessário amarrá-los, use uma piranha.

- Ao secar os cabelos com o secador, adote esse procedimento: mantenha a potência mínima e posicione-o acima de sua cabeça, fazendo com que o vento chegue de cima para baixo. Dessa forma, você evita que os cabelos se armem.

- Para secá-los sem o auxílio do secador, abaixe a cabeça e aperte a toalha contra o cabelo, de forma que os cachos comessem a se definir. Nunca esfregue a toalha e lembre-se que esse método serve apenas para tirar o excesso de água do cabelo, não secá-lo completamente.

Fonte: igirl.ig.com.br

cabelos ondulados
Os cabelos ondulados são normalmente muito apreciados! Contudo, manter um cabelo com um ondulado bonito e saudável não é tarefa fácil, e requer algum cuidado e muita dedicação!

O fundamental é manter sempre o cabelo bem hidratado! Para tal podem recorrer a máscaras específicas, de hidratação, caseiras ou não, e usar um bom amaciador, sempre que lavarem o cabelo!

Convém não o lavar mais do que três a quatro vezes por semana! Se o fizerem mais vezes, usem apenas amaciador, e não champô!

Qualquer que seja a atitude - alisar em casa, ou secá-lo normalmente, é importante secá-lo sempre por completo antes de sair de casa, nomeadamente em dias mais húmidos!

Alisar o cabelo em casa não é perigoso! Atualmente, com os aparelhos que existem à venda no mercado, qualquer pessoa consegue facilmente em casa alisar o seu próprio cabelo!

Assim, se o decidirem fazer, convém adquirirem um produto que combata a humidade dos cabelos e evite a sua electricidade estática, de modo a que os tais pelinhos não apareçam!

Se a opção passar por realçar os caracóis, devem também recorrer a produtos específicos, que fazem maravilhas nesta área, fazendo com que os cabelos revelem todo o seu potencial!

É ainda importante recorrer a um definidor de caracóis, que permite a formação e o mantimento de caracóis bem definidos!

Fonte: minisaia.blogspot.com

Cabelos ondulados


Cabelos ondulados geralmente não possuem uma definição. Não são lisos nem crespos. Quando os fios são finos, podem quebrar até no simples ato de pentear.

Dependendo da quantidade de cabelos, eles podem se tornar volumosos, pois não têm peso. Tudo o que desejamos para esse tipo de cabelo é definição, maciez e brilho.

O corte deste tipo de cabelo pode ser um grande aliado. Pequenas camadas controlam os fios e auxiliam na definição. Fios retos deixam os cabelos com muito volume na lateral e, por isso, devem ser sempre repicados.

Procure pentear os cabelos quando estiverem úmidos. Após lavar, retire o excesso de água, apertando a toalha nos fios e aplique o produto sem enxágüe. Só então penteie os cabelos, de preferência com um pente de dentes largos, para que não arrebentem. Desta forma, com certeza, evitará a quebra dos fios e a formação de nós, comuns em cabelos de fios muito finos.

O dia em que você não lavar os cabelos, utilize um spray hidratante, que auxilia no pentear e desembaraça os cabelos.

Na secagem, você tem duas opções:

1) fazer uma escova lisa com o auxílio do secador e chapinha, com um produto que seja termoativado e de um produto de finalização, como um silicone ou um finalizador de brilho.

2) pode deixar os cabelos secarem ao natural com produtos de modelagem, apertando o cabelo de baixo para cima para modelar, além, é claro, de finalizar com spray de brilho.

Tente modelar o fio com a cabeça virada para baixo. O uso de produtos sem enxágüe é importante, e o difusor auxilia na modelagem dos fios.

Misturar seu produto leave-in com algumas gotas de silicone ajuda a diminuir o volume e o frizz.

Lembre-se de que seus cabelos devem estar bem hidratados; desta forma, terá melhor aproveitamento em seus produtos sem enxágüe!

Fonte: www.sitemedico.com.br

Cabelos ondulados


Diga adeus às chapinhas, escovas progressivas e alisamentos. É hora do seu cacho sair do armário e desfilar por aí livre e solto, numa bela cabeleira com um ar despretensiosamente desarrumado. Tendência forte do próximo verão, o cabelo ondulado, meio bagunçado, dá aspecto mais natural ao visual em comparação ao efeito muitas vezes artificial e murcho dos fios lisos, escorridos. E mais: a moda pode beneficiar diretamente muitas brasileiras. Estudos (e a simples observação nas ruas) revelam que os cabelos ondulados e crespos representam, juntos, o tipo majoritário de fio da mulher "made in Brazil". Numa pesquisa recente, feita em 2006, a Natura, uma das maiores empresas de cosméticos do país, chegou à estatística de 37% de cabelos ondulados e 25% de cabelos crepos entre as brasileiras, num total de 62% de cabeleiras com ondas e cachos em alguma intensidade.

Para adotar a tendência com sucesso, no entanto, é necessário tomar algumas medidas para não correr o risco de suas ondas levemente selvagens se transformarem numa verdadeira juba de leão indomável, cheia de fiozinhos eletrizados por toda parte.

"O cabelo enrolado vem com muita força, mas precisa de cuidados especiais", alerta Robson Trindade. Especialista neste tipo de fio, o cabelereiro, que já fez cursos em Paris e em Londres (na gigante Tony and Guy), montou recentemente um tratamento voltado apenas para os cabelos ondulados em seu salão Red Door, em São Paulo, de olho na grande quantidade de clientes "crespas".

Trindade dá dicas (algumas um pouco radicais) para o bom cultivo dos cachos. "Não pode usar pente ou escova; o ideal é pentear com os dedos, para evitar os arrepiados", sentencia. E continua. "Também não recomendo utilizar shampoo que faça espuma, porque tem sulfato [de sódio], que é inimigo mortal do cabelo enrolado. Ele deixa os fios muito leves e, conseqüentemente, mais frisados", afirma. Outro item curioso que deve ser evitado, segundo ele, são as toalhas de banho. "As fibras provocam a dispersão dos cachos. É melhor usar uma toalha de papel secando muito suavemente, das pontas para a raiz."

Carlos Carrasco, que já foi cabeleireiro e maquiador de Gisele Bündchen e hoje comanda o salão BLZ, em São José dos Campos (SP), é menos radical. "Para valorizar o cabelo ondulado é só usar o produto certo. As mulheres têm, sim, que gastar dinheiro com boas hidratações e não lavar o cabelo todos os dias", diz.

De acordo com Carrasco, os cabelos ondulados têm tendência a serem um pouco mais secos que os lisos. Por conta desta questão genética dos fios, ele sugere hidratações a cada 15 dias. Entre os demais procedimentos apontados pelo cabeleireiro está o uso de anti-frizz e de modeladores. "Minha dica é experimentar. Um produto pode ficar ótimo no cabelo de uma mulher e não funcionar no de outra", completa.

Tanto Trindade quanto Carrasco acreditam que o uso de linhas específicas para cabelos ondulados e cacheados realmente melhoram o aspecto e a qualidade dos fios.

Fonte: estilo.uol.com.br

Cabelos Ondulados
Cabelos ondulados geralmente não possuem uma definição. Não são lisos nem crespos. Quando os fios são finos, podem quebrar até no simples ato de pentear.

Dependendo da quantidade de cabelos, eles podem se tornar volumosos, pois não têm peso. Tudo o que desejamos para esse tipo de cabelo é definição, maciez e brilho.

O corte deste tipo de cabelo pode ser um grande aliado. Pequenas camadas controlam os fios e auxiliam na definição. Fios retos deixam os cabelos com muito volume na lateral e, por isso, devem ser sempre repicados.

Procure pentear os cabelos quando estiverem úmidos. Após lavar, retire o excesso de água, apertando a toalha nos fios e aplique o produto sem enxágüe. Só então penteie os cabelos, de preferência com um pente de dentes largos, para que não arrebentem. Desta forma, com certeza, evitará a quebra dos fios e a formação de nós, comuns em cabelos de fios muito finos.

O dia em que você não lavar os cabelos, utilize um spray hidratante, que auxilia no pentear e desembaraça os cabelos.

Na secagem, você tem duas opções: 1) fazer uma escova lisa com o auxílio do secador e chapinha, com um produto que seja termoativado e de um produto de finalização, como um silicone ou um finalizador de brilho. 2) pode deixar os cabelos secarem ao natural com produtos de modelagem, apertando o cabelo de baixo para cima para modelar, além, é claro, de finalizar com spray de brilho.

Tente modelar o fio com a cabeça virada para baixo. O uso de produtos sem enxágüe é importante, e o difusor auxilia na modelagem dos fios.

Misturar seu produto leave-in com algumas gotas de silicone ajuda a diminuir o volume e o frizz.

Lembre-se de que seus cabelos devem estar bem hidratados; desta forma, terá melhor aproveitamento em seus produtos sem enxágüe!

Usando o Difusor
Cabelos crespos ou cacheados ficam um charme quando se usa o difusor, acessório que deve ser acoplado ao secador.

Cabelos rebeldes? Que nada, se estiverem bem hidratados, com volume controlado, basta lavá-los, aplicar um leave in, entre outras opções que temos, e secar com o difusor.

Cabelos crespos, cacheados ou ondulados podem ganhar um “look” especial. O uso do difusor não requer muita prática nem tanta habilidade. Com os cabelos úmidos, você pode aplicar, dependendo do seu tipo de cabelo, um ativador ou restaurador de cachos, um mousse, uma pomada, um spray hidratante. Ao mesmo tempo em que os cabelos vão secando, com o difusor de baixo para cima, você deve encaixar os dedos nos fios, amassando os cabelos com as mãos, você vai conseguir modelá-los.

O difusor seca os cabelos apenas através do calor sem vento, o que matém a forma original dos fios.

Caso seus cabelos não tenham cachos definidos e sejam levemente ondulados, você consegue, com um produto modelador, utilizar o difusor e, após a secagem, enrolar mechas com os dedos, prender os fios e deixá-los em torno de quarenta e cinco minutos presos. Após soltá-los, aplique um spray fixador.

Raiz crespa? Se isso a incomoda, faça uma escova lisa na raiz e preserve o restante dos fios, da mesma forma citada acima, amassando os cabelos ou enrolando-os depois.

Ao usar o difusor, invista em finalizadores. Você tem várias opções, mas não deixe jamais de ir àquela festa de última hora por não estar com os cabelos arrumados.

Fonte: www.cabeloslindos.com.br

cabelos ondulados
Assuma seus cabelos ondulados
Da mesma forma que adora inventar moda, a mulher também ama mandá-la para as cucuias. Para essa relação mudar de faceta, do amor para o ódio, basta essa ditadura nada velada do estilo de andar, vestir ou pentear se tornar um fardo – logisticamente falando. Um bom exemplo disso é a bendita escova nossa de cada dia. Haja saco e vontade de ficar bonita para se submeter a ela. No entanto, por ter mais coisas na cabeça do que apenas cabelos ondulados, muitas mulheres deram seu grito de liberdade e declararam: abaixo à escova!

Num país tropical, abençoado por Deus, bonito por natureza e onde a maioria da população feminina tem cabelos ondulados, pode parecer coisa de alguma bruxa má essa história de colocar as mocinhas escravas da escova. Se alguém duvida dessa pervesidade, vamos aos dados: 18% das habitantes desta terra possuem cabelos cacheados, 22% têm cabelos crespos e cerca de 28%, cabelos ondulados. Apenas 32% das brasileiras nasceram com as madeixas verdadeiramente lisas! Ou seja, fazendo as contas, chegamos a impressionante marca de 68% que, portanto, não possuem cabelos lisos. É ou não é uma temeridade lançar esse tipo de modismo aqui por essas bandas?

A escova possui uma série de implicações, tais como aturar o calor emanado dos secadores, ver todo sacrifício ir por água abaixo – literalmente – com o suor, passar alguns dias de cabelo sujo até a próxima sessão e ter que desperdiçar, muitas vezes, um tempo valioso fazendo escova para passar por tudo isso. Então, na tentativa de otimizar a árdua tarefa de deixar as madeixas lisas, surgiram métodos mais duradouros como a chapinha, o alisamento japonês, a escova progressiva e por aí seguem também as controvérsias a respeito desses meios.
A universitária Elaine Carvalho era adepta da escova e pensava ter mudado sua vida com o advento da chapinha japonesa. "Sempre fui louca para ter cabelos lisos. Eu era aquela maluca que ficava em casa de touca, cheia de grampos na cabeça, que nem um para-raio. Não aparecia nem na janela, isso só para ficar com o cabelo bem lisinho para ir à aula. Depois passei a fazer escova com secador. Eu era obrigada a me arrumar com horas de antecedência e nunca saía de casa sem fazê-la. Então, assim que surgiu o alisamento japonês que, não pestanejei, fui uma das primeiras a fazer", diz ela, lembrando que, durante um tempinho, viveu uma verdadeira lua-de-mel com seus cabelos. "Era maravilhoso ir à praia, mergulhar e continuar de cabelos lisos. Esqueci somente que cabelo cresce. Quando isso começou a acontecer, foi um terror: era enrolado na raiz e liso, liso não, esticado nas pontas. Como penei com aquela situação, me revoltei e acabei cortando os cabelos curtinhos. Hoje, resolvi assumir os cabelos ondulados, cheguei à conclusão de que são mais bonitos do que os esticados na marra", assume Elaine.

Outra que assinou sua carta de alforria foi a economista Fátima Lins. "Eu fazia a escova no salão. Então, além de tempo, gastava dinheiro para, nos intervalos ter que andar como uma suja, com os cabelos amarrados e opacos. Fui ficando tão de saco cheio dessa lenga-lenga, que um belo dia apareci no trabalho com os cabelos ao natural. Como a aprovação foi geral, rompi com a dependência da escova, só faço agora de vez em quando para um evento. O único que não gostou, por motivos óbvios, foi meu cabeleireiro", brinca ela. Para a assessora comercial Janine Nabuco essa ditadura de estilos é, no mínimo, cruel. "As meninas, desde pequenas, são obrigadas a engolir heroínas louras e de cabelos lisos. Na minha época, a primeira providência, quando se ficava adolescente, era pintar os cabelos de louro. Hoje, elas fazem chapinha. Vejo isso pela minha filha de 15 anos, que prefere não sair a ter que ir de cabelo lavado sem escova. Temos que colocar na cabeça delas que ser diferente, quer dizer, ser você mesma é bacana. Você vai a uma festa ou boate e vê todas as mulheres iguais, parecem um exército, todas vestidas e penteadas do mesmo jeito. Isso definitivamente não é bonito", acredita Janine.

Então, para quem está farta dessa massificação capilar a que somos submetidas, o cabeleireiro Gilberto Moraes, do salão Ophicina do Cabelo, no Rio de Janeiro, ensina a ficar bonita sem perder o ondulado. "Estes cabelos são naturalmente mais secos, então devem ser lavados, no máximo, três vezes por semana com shampoos específicos para seu tipo. Depois da lavagem, deve-se passar um produto que alongue cachos, um leave-in ou silicone. Esses cuidados ajudam a domar o volume. Fazer uma hidratação semanal também é importante. Outra medida excelente é a cauterização dos fios, que trata, reduz o volume e ajuda a mantê-los assim por mais tempo", diz ele. No quesito corte, algumas regras também são fundamentais para um visual feliz. "Cabelos ondulados e crespos nunca devem ter franjas, para não parecer um poodle. As camadas também devem ser evitadas, o ideal é um corte feito em fios longos para dar peso aos cachos. Já os jeitosos, podem e devem usar camadas que conferem movimento", finaliza ele.

Fonte: www.bolsademulher.com

Penteados com Presilhas

FESTA DAS PRESILHAS




Com os cabelos lavados, faça uma escova e aplique um spray de brilho (LUMIERE NUTRI SCULP, KÉRASTASE, OU SPRAY BRILHO DE OLIVA, ECOLOGIE). Desfie a raiz do alto da cabeça com o cabo de um pente fino, para acrescentar volume. Separe duas mechas largas das laterais. Com o restante do cabelo prenda um rabo baixo com grampos da cor dos fios. Faça o acabamento trançando as duas mechas laterais atrás da cabeça e prendendo-as no rabo, na altura da nuca. Aplique algumas gotas de gloss (GLOSS, KORAI, OU GLOSS SERUM KEUNE), que é um silicone mais leve, ao longo do rabo. Enfeite com presilhas pequenas com um pouco de brilho - as libélulas são atuais.


claudia.abril.com.br

Cachecol Salete




http://www.coatscorrente.com.b

Cachecol Simone




http://www.coatscorrente.com.br

Gola e gorro


Cahecol masculino


Receita, Cachecol Masculino

Material:

2 novelos de Lã Elegance ( 100 gramas cada), ou Premium
Par de agulha n.º 8;..

Execução:

Colocar 35 pontos na agulha.

1ª Carreira: 3tr, 1m sem fazer (colocando a lã para trás), 3tr, 1m sem fazer (colocando a lã para trás), 3tr, 1m sem fazer (colocando a lã para trás) ... 3tr.


2ª Carreira: 1tr, 1m sem fazer (colocando a lã para trás), * 3 tr, 1m sem fazer (colocando a lã para trás)* ... 1 tr. Não esquecer que um tricô é apenas para começar e terminar a carreira.


Repetir sempre estas duas carreiras até completar aproximadamente 1 metro e meio e colocar franjas, lembrando que para o cachecol masculino as franjas são pequenas,no máximo 6 cm.


Obs: Toda receita que pedir 1 meia sem fazer colocar sempre a lã para trás, passar o ponto meia sem fazer para agulha da direita e voltar a lã para frente.


Feito por Vitória Quintal

terça-feira, 16 de setembro de 2008